Culinária

Dicas e sugestões de culinária. Vamos partilhar gostos e segredos?

Cannellonni com salmão…

Há poucos dias atrás, fui convidada para o lançamento das novas natas Parmalat com salmão e para celebrar, aprendemos esta receita que aqui convosco agora partilho.
Espero que gostem, já a fiz em casa e o meu marido adorou.

Isabel Angelino

Ingredientes para 2 pessoas:

2 lombos de salmão
Limão
Tomilho
4 chalotas
4 dentes de alho
20 ml de vinho branco
250 gr. de esparregado congelado
150 gr . de queijo ricota
500 ml de natas com salmão da Parmalat
50 gr. queijo parmesão ralado
6 folhas de massa de lasanha fresca
Sal q.b.
Pimenta q.b.
Azeite q.b.
Ingredientes

Começamos por desfiar grosseiramente os lombos do salmão previamente cozidos em água e sal, juntamos-lhe as folhas do tomilho, juntamos pedaços de esparregado previamente descongelado e cozinhado, 2 colheres de sopa de natas de salmão da Parmalat e o queijo ricota, misturamos tudo numa tigela. Recheamos a massa fresca com este preparado e fazemos rolos com as folhas de lasanha.
Numa caçarola com azeite fazemos um refogado com as chalotas e os alhos picados, juntamos o vinho branco, deixamos evaporar. Juntamos o resto da nata com salmão da Parmalat e a raspa do limão, mexemos um pouco e retiramos do lume.
Num tabuleiro de pirex deitamos um pouco deste molho até tapar o fundo e por cima dispomos os cannelloni e cobrimos com o restante molho. Polvilhamos com o parmesão ralado e vai ao forno cozer e gratinar.

Cannellonni

Bom proveito a todos!

Beijo.

Ano novo, hábitos novos…

Acredito que no início de cada ano todos nós escrevemos na lista de desejos, o de criar novos hábitos de alimentação.

Pois bem, eu não sou excepção, por isso resolvi meter mãos à obra.

Assim para começar o dia nada melhor do que um batido energético.
O de ontem foi feito com um iogurte Activia zero, sabor de morango.
Leite magro, uma banana e por cima um pouco de canela.

batido energético_iogurte activia zero_leite magro_banana_canela

batido energético_final

A meio da manhã, no intervalo das gravações de mais um “Há Conversa”, na RTP Memória, comi 3 nozes com uma tosta sem glúten da Schär.

nozes com tosta sem glúten da Schär

Ao almoço, escolhi um prato de sashimi e sushi, composto por fatias de salmão, gukan, e um temaki.

Tudo num prato de sobremesa, para dar a sensação de prato cheio.
Este é um bom truque, mas não vale repetir a dose.

Antes de terminar a refeição com um copo de água, tomo 2 cápsulas de licopeno um antioxidante, quando absorvido pelo organismo, ajuda a impedir e reparar os danos às células causados pelos radicais livres.

Para acompanhar bebo um chá de menta com xarope de mel e gengibre.

sashimi e sushi, composto por fatias de salmão, gukan, e um temaki

antioxidante

Não se deve fazer mas, saltei o lanche, onde supostamente deveria ter comido mais uma tosta com uma peça de fruta. A teoria sabemos nós toda, o pior é por em prática 🙂

Ao jantar optei por uma sopa de tomate com um ovo escalfado e alguns cruttons.

sopa de tomate_ovo escalfado_cruttons

Ao deitar, tomo diariamente um comprimido de melatonina 5 mg.
Funciona como antioxidante e ajuda à regulação do sono.

melatonina 5 mg

E pronto, ontem foi assim.
Hoje vamos ver.
Pelo menos um dia este mês, portei-me bem!

Beijos e abraços.
Até amanhã, com mais novidades.

Risoto de cogumelos

Ontem à noite resolvi fazer para o jantar um risoto de cogumelos.
Uma receita que foi muito aplaudida, por isso mesmo vou partilha-la com todos vós.

Ingredientes para 2 a 3 pessoas:

Uma chávena e meia de arroz arbóreo, por pessoa.
Um copo de vinho branco.
Meia cebola pequena, picada.
200 ml de caldo de carne da Knorr.
Um pacote de cogumelos porcini desidratados.
Queijo parmesão ralado.
Um pacote de natas.
Sal e pimenta q.b.

Numa caçarola refogamos a cebola em margarina, a seguir junta-se o arroz e deixa-se fritar um pouco, depois junta-se aos poucos o vinho branco.

Quando estiver totalmente seco vai-se acrescentando o caldo de carne sem nunca o deixar secar e vai-se sempre mexendo.

Quando o arroz estiver quase cozido, juntam-se os cogumelos e a água morna, onde estiveram a demolhar durante 20 minutos.

Já quase seco misturam-se as natas mexe-se, põe-se numa travessa e espalha-se queijo ralado por cima.

Serve-se bem quente.

risoto de cogumelos

cogumelos porcini desidratados

arroz arbóreo

Acreditem, espera-vos uma refeição deliciosa.
Eu espero-vos amanhã no mesmo sítio e à mesma hora com mais um post.

Beijinhos e bom apetite!

Descobrir os sabores quentes da Índia sob o frio gélido de Genebra

Nesta segunda-feira, vamos abrir portas à cozinha tradicional da Índia, com um toque de modernidade, na combinação dos sabores e dos cheiros daquela região.

Vou-lhes apresentar o que é para mim um dos melhores restaurantes indianos do mundo.

Chama-se Rasoi em Genebra, o irmão mais novo do primogénito de Londres.

Criado pelo renomeado e vencedor de uma estrela Michelin, chef Vineet Bathia.

A criatividade deste chef encoraja qualquer um a experimentar os seus pratos e a saborear a cozinha tradicional indiana de uma forma única.

Começamos pela decoração do espaço, em preto e vermelho.

Rasoi_Genebra

À entrada deparamo-nos com um enorme forno tandoor todo envidraçado, onde conseguimos ver o chef a trabalhar.

forno tandoor

À chegada somos brindados com estes deliciosos pappadums, acompanhados por um chutney de gengibre e um molho de coentros e menta.

Já a seguir vou-lhe descrever, tal e qual como aparecem no menu, os pratos que escolhi.

pappadums

Para entrada pedimos Paneer sauté, topi dosa, cooconut chutney, achari vegetable chamusa, tandori parmesan black-power pepper broccoli… Como prato principal escolhi, herb marinated prawns, slow cooked organic spelt sésame crusted mushroom tikki, spinach sauce.

Entrada

Para sobremesa, um delicioso gulab jamum-saffron cheese cake, black berry kulfi

Sobremesa

Neste restaurante, o Chef recorda-nos à entrada que usa as especiarias do amor na confecção dos pratos.

especiarias do amor

Sempre com um toque de humor,  o Chef  Sandeep Bhagwat não resistiu a fazer uma pose para nós em jeito de galã de Bollywood.

chef Vineet Bathia

Isabel Angelino_chef

E com este início de semana um pouco picante (tenho que ir beber um copo de água) me despeço agora.

Até amanhã a todos.
Feliz dia de Reis.
Abreijos!

Camarões com esparguete

Nesta segunda feira resolvi partilhar mais uma das minhas receitas.

Foi o jantar ontem cá em casa. Quer experimentar? Então cá vai!

Ingredientes:

Camarões cozidos
1 Lata de cogumelos laminados
Cebolinho picado
1 Embalagem de natas
Esparguete com tinta de choco
vodka
Azeite
Sal q.b.
Coentros picados

Numa frigideira grande deita-se o cebolinho picado, o azeite os cogumelos e o sal q.b.
Quando começar a ficar sem molho, junte um cálice de Vodka, os camarões e baixe o lume, deixe cozinhar uns minutos.

Entretanto coze-se o esparguete, escorre-se e junta-se as natas envolvendo bem.
Espalhe o preparado dos camarões por cima e perfuma-se com um pouco de coentros picados.

Isabel Angelino_jantar

Para acompanhar sugiro um vinho branco bem fresco, este Chablis, um vinho francês bom e barato como todos gostamos.

Isabel Angelino_vinho_Chablis

Feliz segunda feira! Já estamos em contagem decrescente para o Natal.

Humm, que delícia!

Nesta segunda feira, resolvi decidir mais cedo o que vai ser o jantar e armada em Chef, aqui fica a receita, fácil de confeccionar, rápida e muito saborosa:

Ingredientes:

2 costeletas de porco
funcho
sal q.b.
agriões
1 lata de pêssegos em calda
queijo azul stilton

Para o molho:

3 colheres de sopa de azeite
1 colher de sopa de mostarda em pó
1 limão
gengibre
mel

Num recipiente espalha-se sal e funcho, envolvem-se as costeletas nessa mistura e fritam-se. Numa travessa espalham-se os agriões, as metades dos pêssegos e pedaços de queijo stilton.

Num copo começamos a fazer o molho juntando ao azeite todos os ingredientes. Atenção que o gengibre é ralado com casca para ter mais sabor.

Mistura-se o resto dos ingredientes, mexe-se fortemente com uma colher e deita-se em cima dos agriões, com os pêssegos e o queijo. Finalmente pomos as costeletas e serve-se.

Para acompanhar fica a sugestão do vinho tinto Espinhal de Cima do Douro.

Para entrada e se é fã de chamuças, descobri uma sra. indiana, que as faz em casa e as vende sob encomenda. São deliciosas! Se quiser encomendar aqui fica o número da D.Filomena – 967 996 327

Isabel Angelino_Jantar

Isabel Angelino_chamuças

Isabel Angelino_costeletas com pêssegos, agriões e queijo

Isabel Angelino_vinho tinto Espinhal de Cima do Douro

Digam-me se gostaram do jantar, o que aconteceu depois, fica para vós 🙂

Aproveitem e até amanhã!

Beijos